Domingo, 23 de Junho de 2024
15°

Parcialmente nublado

Luziânia, GO

Cidades Planaltina

Michele é a 33ª vítima de feminicídio no DF

Caso ocorreu por volta das 4h30 desta terça-feira (26/12), no Setor Estância Mestre D'Armas. A polícia investiga o crime como feminicídio

26/12/2023 às 21h29
Por: Faris melo
Compartilhe:
Michele é a 33ª vítima de feminicídio no DF

Michele Carvalho Magalhães, 30 anos, foi encontrada morta caída, de bruços, ao lado de um Fiat Mobi na madrugada desta terça-feira (26/12). Com marcas de tiros, inicialmente, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) trata a morte de Michele como o 33º feminicídio registrado na capital federal em 2023.

 

O caso ocorreu na Estância Mestre d’Armas 5, em Planaltina (DF). O carro que estava perto do corpo de Michele estava registrado no nome dela.De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), ela levou dois tiros. Quando os socorristas chegaram no local, por volta de 4h30, ela já estava sem vida. Ela foi achada caída, de bruços, ao lado de um Fiat Mobi.

 

A Polícia Civil detalhou que, momentos antes de o socorro ser acionado, o veículo havia colidido contra o portão de uma serralheria, na rua imediatamente acima daquela em que foi achada a vítima. A 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina) apura o caso.

 

Uma das linhas traçadas pela polícia é de que o ex-namorado da vítima, que saiu no último saidão de fim de ano, seja o assassino.

 

Michele contou aos familiares que o relacionamento com o ex-namorado foi conturbado. Ele foi preso por tráfico de drogas, em dezembro de 2021, e Michele nunca o visitou na cadeia. O homem foi um dos 1,8 mil presidiários liberados no Saidão de Natal, no último dia 22 de dezembro, e Michele contou que havia sido jurada de morte pelo homem.

 

Uma outra linha de investigação é que enquanto o ex-namorado estava preso, Michele se relacionou com um outro rapaz. Em 2022, ela teria desferido um tiro na ex-namorada dele e, por isso, está respondendo o caso em liberdade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias