Domingo, 23 de Junho de 2024
14°

Parcialmente nublado

Luziânia, GO

Polícia Valparaíso

Homem invade casa de CAC, ameaça família e acaba morto em Valparaíso.

A invasão aconteceu no início da madrugada quanto a família estava indo dormir, o criminoso entrando na residência pela janela do quarto onde estava as filhas atirador.

24/12/2023 às 20h38
Por: Faris melo
Compartilhe:
Homem invade casa de CAC, ameaça família e acaba morto em Valparaíso.

Neste domingo 24/12 por volta das 2h50 da madrugada no bairro Parque São Bernardo em Valparaíso, a polícia militar estava em patrulhamento quando foram informados sobre disparos de arma de fogo ocorrido. A equipe do tático de Valparaíso deslocou rapidamente para averiguar a informação, no local encontrou com proprietário da casa que se identificou também como “CAC” colecionador, Atirador e Caçador, informando que no momento que sua família se preparava para dormir, foram surpreendidos pelo criminoso que teria pulado muro da residência tendo acesso a casa através do quarto das filhas colocando toda família em risco.

 

Diante da invasão, o atirador determinou que o criminoso se deitasse, pois teria dito para o criminoso que estava armado, o criminoso não obedeceu a ordem do atirador, vendo que sua família estaria em risco determinou mais uma vez que se rendesse, porém o criminoso partiu pra cima do atirador e acabou sendo baleado e caiu ao solo. Percebendo que o criminoso não reagia acionou o Samu para prestar socorro, porém todas as ligações caiam no DF, o atirador colocou toda sua família para fora da residência e esperou a chegada da polícia militar, em seguida o samu de Valparaíso compareceu ao local. Ao entrarem na residência, dentro do quarto das filhas do atirador, os socorristas encontraram o criminoso invasor caído ao solo, depois de tentar reanimação ficou constatado óbito do criminoso no local.

 

A arma utilizada pelo atirador foi entregue à polícia militar que compareceu no local, o atirador junto sua esposa se deslocaram a delegacia espontaneamente para registrar o ocorrido, pelo delegado, a arma ficou apreendida com o carregador e dez munições intactas, depois de ouvido o atirador foi liberado. A perícia foi realizada no local, um único disparo foi suficiente para matar o criminoso, o rabecão levou o cadáver para o IML em Luziânia, o fato segue para justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias